16 de nov de 2014

Resenha: A Sociedade do Anel (O Senhor dos Anéis #1), J. R. R. Tolkien

Nome original: The Fellowship of the Ring
Data de lançamento: Julho de 1954
Número de páginas: 468
Editora: Martins Fontes
Sinopse: Numa cidadezinha indolente do Condado, um jovem hobbit é encarregado de uma imensa tarefa. Deve empreender uma perigosa viagem através da Terra-média até as Fendas da Perdição, e lá destruir o Anel do Poder - a única coisa que impede o domínio maléfico do Senhor do Escuro. ------ "A Sociedade do Anel" é a primeira parte da grande obra de ficção fantástica de J. R. R. Tolkien, "O Senhor dos Anéis". É impossível transmitir ao novo leitor todas as qualidades e o alcance do livro. Alternadamente cômica, singela, épica, monstruosa e diabólica, a narrativa desenvolve-se em meio a inúmeras mudanças de cenários e de personagens, num mundo imaginário absolutamente convincente em seu detalhes. Nas palavras do romancista Richard Hughes, "quanto à 'amplitude' imaginativa, a obra praticamente não tem paralelos e é quase igualmente notável na sua vividez e na habilidade narrativa, que mantêm o leitor preso página após página".

Então, eu finalmente li Senhor dos Anéis!

Como o aconselhado, li O Hobbit primeiro, pois os acontecimentos são prévios ao de Senhor dos Anéis e também para não mergulhar de cabeça na escrita um pouco mais rebuscada da trilogia. O resultado foi satisfatório, pois muitos elementos de O Hobbit estão presentes no livro e nem todos os acontecimentos são explicados novamente.

Bilbo, o herói do livro "anterior", volta, e os acontecimentos giram em torno de sua grandiosa festa de aniversário. É nela que nos familiarizamos com o jeito "Hobbit" de ser e damos boas risadas com o comportamento um tanto inconveniente e antiquado da espécie.
O anel achado por Bilbo n'O Hobbit é o grande elemento da história, cujo herói é seu sobrinho, Frodo, que acaba descobrindo que herdará o anel do tio. Porém, o mesmo descobre que o artefato é muito procurado e é o mais poderoso método de dominação da Terra-Média pelo maligno Sauron.

Em geral, o livro conta a história de Frodo e seus amigos (também Hobbits) numa jornada até Mordor para destruir o anel. Mas é claro que não será nem um pouco fácil, pois além de tudo, o anel, cada vez mais, domina o seu dono e o induz a fazer coisas terríveis.

É um livro de jornada, então em muitas vezes você pode ficar um pouco cansado de tanta "andança". Porém, logo quando você enjoa, algo surpreendente (pelo menos para quem não tinha visto os filmes antes de ler) acontece e capta sua atenção novamente.

A escrita foi bem mais fácil do que eu imaginei que seria e em nenhum momento me senti tentada a desistir da leitura. Muito pelo contrário, fiquei muito ansiosa para assistir o filme conforme eu ia lendo as cenas de ação, então quis terminar o mais rápido possível para ver como tinham transportado toda aquela magia para as telonas.

Quanto aos personagens, o posto de favorito, para mim, é de Sam, o amigo de jornada de Frodo. Ele sempre trazia um momento de humor e descontração (necessários) para a narrativa. Ah, e não espere grandes coisas de personagens femininas nesse livro. O único grande destaque é Galadriel, a rainha dos elfos.


É um livro magnífico e rico, essencial a todos os leitores ávidos. O filme, apesar de algumas mudanças significativas, respeitou a obra e me fez ficar ainda mais ansiosa para ler (e para assistir) a sequência. Então, em breve, resenha de As Duas Torres!

3 comentários:

  1. Olá!!
    Livro perfeito, bem legal.
    Parabéns pelo o blog!!
    http://livrosesugestoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sou suspeita para falar de O Senhor dos Anéis, porque amo eles! Li O Hobbit depois, mas isso não me fez grandes faltas - talvez por já conhecer a história. E me senti tentada a desistir várias vezes. Ainda bem que não fiz isso!

    Beijos! || ape56.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelos comentários, Tolkien é mesmo fantástico, o jeito é mergulhar de cabeça na história e não desistir nunca, porque vale muito a pena!
    Beijos.

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs