17 de fev de 2013

Resenha: O Lago das Sanguessugas (Desventuras em Série #3), Lemony Snicket

Nome Original: The Wide Window
Data de Lançamento: 2001
Editora: CIA. Das Letras
Gênero: Literatura gótica/Mistério
Sinopse: "Caro leitor,
Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores."

O terceiro livro da série Desventuras em Série pode ser o melhor da série até agora. E com "melhor" eu quero dizer "mais emocinante" e não que a vida dos irmãos Baudelaire vai melhorar um pouco. Na verdade, nesse terceiro volume, tudo começa a ficar ainda pior, se é que isso é possível.
Nessa história, os irmãos vão morar com uma tia distante, chamada Josephine (interpretada por Meryl Streep no filme), uma viúva meio psicótica que tem medo de que a casa, localizada nas margens do Lago das Sanguessugas, desabe. Os irmãos pensam, pelo menos por um momento, que seria impossível que o Conde Olaf (um homem que deseja a fortuna deixada pelos pais das crianças) os encontrem lá. Errados, é claro. O homem consegue entrar em suas vidas novamente e está disposto a fazer o que for possível para conseguir a guarda das crianças.
Com uma narrativa de tirar o fôlego de qualquer um, o autor consegue narrar a vida dessas crianças de uma maneira muito leve e divertida, tanto para as crianças como para os adultos.

Por: Mariane

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-nos!

 - Dicas para blogs