3 de mar de 2013

Resenha: Sobrinho do Mago (As Crônicas de Nárnia), C.S. Lewis

Nome Original: The Magician's Nephew
Data de Lançamento: 1995
Editora: Martins Fontes
Gênero: Fantasia/Ficção
Sinopse: A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais.



Não preciso nem dizer que sempre quis ler os livros de As Crônicas de Nárnia, uma vez que era uma grande fã dos filmes. O que me salvou foi a edição em volume único (que foi lançada, é claro, a muito tempo, mas sempre custou cerca de 100 reais) e o nosso grande amigo Submarino. Consegui comprar o livro que reúne as 7 histórias por mais ou menos 20 reais (ainda deve estar esse preço... Corre!) e finalmente pude dar início a um antigo sonho meu!
Sobrinho do Mago, apesar de não ser o primeiro livro publicado, é o primeiro da série recomendado na ordem de leitura (para entender melhor, acesse a página da Wikipédia da série. O livro conta a história de Digory e sua recém amiga Polly e suas misteriosas descobertas no estúdio do tio de Digory. Lá, as crianças acabam sendo vítimas do Tio André, que suspeita da existência de um outro mundo e esperava uma outra pessoa para experimentar a viagem. Por meio de anéis mágicos, Digory e Polly viajam a esse mundo misterioso e calmo, e lá, acabam libertando uma feiticeira má, desencadeando uma série de acontecimentos, incluindo a fundação de um novo reino chamado Nárnia
Foi o sexto livro da série a ser publicado, mas ao lê-lo você percebe que é fundamental a leitura do mesmo antes de todos os outros. Tudo é explicado (incluindo a origem do guarda roupa responsável pela primeira viagem dos irmãos Pevensie para Nárnia) e a história antecede todas as outras. Apesar de ser uma história de época, a linguagem é super simples e de fácil compreensão, além de poupar aquela tediosa riqueza de detalhes.
Se você pretende começar a ler a série, LEIA, recomendo muito. E, ah, comece por esse livro mesmo! Você vai entender as coisas de uma forma muito mais fácil.
Em breve resenha do próximo livro, O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, e talvez um post especial de comparação livro-filme.

Por: Mariane

2 comentários:

  1. Estou lendo ele flor, estou apaixonadíssima. rsrs
    Beeeeijos flores.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo, né? Amei demais!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs