30 de mai de 2013

Resenha: Príncipe Mecânico (As Peças Infernais #2), Cassandra Clare

Nome original: Clockwork Prince
Data de Lançamento: Abril de 2013
Editora: Galera Record
Gênero: Fantasia/Romance
Número de páginas: 411
Sinopse: Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Leia a resenha de Anjo Mecânico, primeiro livro da série aqui.
Nesse volume, o segundo da série Peças Infernais, Cassandra Clare quer literalmente quebrar o nosso coração em mil pedacinhos. Afinal, é isso que ela faz de melhor.
Os moradores do Instituto de Londres ainda estão à procura de Mortmain, também conhecido como o Magistrado. E essa não é a única preocupação de Charlotte Branwell: Benedict Lightwood, antigo inimigo de sua família, quer tomar o seu lugar e tomar o Instituto para si a todo custo.
Um triângulo amoroso entre a protagonista Tessa, o sarcástico e relaxado Will e o sempre generoso Jem surge. Não conseguia me decidir por quem torcer durante a história. Os dois personagens demonstram seu carinho pela garota de formas muito distintas e quase opostas e se colocar no lugar de Tessa é algo bem doloroso.
É impossível não se apaixonar ainda mais por Will nessa história: o grande segredo de sua arrogante personalidade é revelado, e já vou avisando: é bem chocante!
O começo do livro é um pouco parado, porque os personagens literalmente não sabem exatamente o que fazer. A grande missão é descobrir onde Mortmain está, mas e o que fazer depois? Como alcançar esse objetivo?
A história se desenvolve e se mostrando muito melhor que o primeiro livro a cada página. Apesar de alguns personagens nos desapontarem profundamente em alguns aspectos, eles sempre nos dão mais um motivo para os amarmos. 
A história foi tão bem desenvolvida e explicada que parecia ser o último livro da série. Mal posso esperar para o terceiro e último livro da série, Princesa Mecânica, que já lançou nos EUA e está com lançamento previsto para ainda esse ano no Brasil! ;)

Por: Mariane

2 comentários:

  1. Não faz isso comigo, não aguento mais ver esse livro por aí e não ver ele na minha estante. Adorei a resenha, sério.
    Beijão, bom final de semana :)
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha, é ótimo mesmo, você precisa ler!!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs