9 de jun de 2013

Resenha: Morte Súbita, J.K Rowling

Nome original: The  Casual Vacancy
Data de Lançamento: 2012
Editora: Ediouro
Gênero: Romance
Número de páginas: 512
Sinopse: Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente com seus 40 anos, a pequena cidade de Pagford fica em choque. Pagford é, aparentemente, um idílio inglês, com uma praça de mercado de paralelepípedos e uma antiga abadia. Mas atrás das belas fachadas encontra-se uma cidade em guerra. Ricos contra pobres, jovens contra seus pais, esposas contra seus maridos, professores contra seus alunos... Pagford não é o que parece. E o assento vago deixado por Barry no Conselho da paróquia logo se torna o catalisador da maior guerra que essa cidade já viu. Quem vai triunfar numa eleição carregada de paixão, duplicidade e e revelações inesperadas? Um grande romance sobre uma pequena cidade, Morte Súbita é o primeiro romance adulto de J.K. Rowling. É o livro de uma narradora sem igual.

Morte Súbita é da autora J.K Rowling, sendo também o seu primeiro livro que fugiu do universo de Harry Potter e suas aventuras. E quando eu digo que fugiu, é porque você realmente não vai encontrar muitas semelhanças com a saga do bruxinho nesta obra, além, é claro, da escrita de J.K, que continua sendo uma das mais gostosas existentes.

O conflito do livro se inicia quando o conselheiro Barry Fairbrother morre, abrindo assim uma vacância no Conselho Distrital da cidadezinha (fictícia) de Pagford, na Inglaterra. Apesar de ser o estopim inicial, e da eleição para o novo conselheiro permear toda a história, não há um personagem central ou apenas um conflito com o qual se preocupar. Foi o primeiro livro que eu li e que tinha tantos personagens diferentes, com tantas cargas emocionais e de vida diferentes. Existem vários núcleos na história, que aborda vários lados: desigualdade social, drogas, adolescência,  fofoca, rancor, ódio, perdas. Há personagens com os quais você vai se identificar, e outros pelos quais irá sentir a maior raiva de sua vida.

A leitura, de início, pode parecer  lenta. Mas a partir da página 100, mais ou menos, é difícil não querer engolir a história para descobrir o destino daquelas pessoas. Cada um dos personagens tem alguma relação (sentimental, material) com Pagford, e suas vidas, inevitavelmente, vão se cruzando, nem que seja ao menos para dar margem a fofocas.

Contar mais sobre a história seria, mesmo sem querer, dar spoiler. Os fatos se entrelaçam e quase todos são decisivos para algum rumo a ser tomado (coisa de cidade pequena). Nunca tinha me deparado com um livro que tivesse essa temática tão difícil, muito menos achei que gostaria tanto de acompanhar esses conflitos. Morte Súbita, é, sim, um livro muito bom. Com um final triste e surpreendente. E que, de brinde, me deixou com algumas lágrimas nos olhos e outras que saltaram para as páginas do livro...

Os núcleos estão divididos basicamente por famílias, e não existem exatamente personagens completamente bons ou maus: são seres humanos sujeitos aos seus defeitos e qualidades. Embora eu não possa dizer que não me apeguei mais aos personagens adolescentes  - cuja importância na obra é indiscutível – como por exemplo a Sukhvinder Jawanda, que tem um dos enfoques mais legais do livro. Os temas abordados, quem vão desde adultério à paixões reprimidas, de ambições a fracassos, de auto-estima a bullying, são muito bem emoldurados por aqueles que os protagonizam. 

Quando terminei a leitura, eu confesso que senti falta de Pagford e seus causos. Apesar de odiar grande parte dos personagens de que o livro trata, me afeiçoei a outros personagens como se fosse uma amiga distante, que vez ou outra liga para saber como a pessoa está. Me dá seu telefone, J.K!

by: Larissa

4 comentários:

  1. Oi! Adorei seu blog! Estou seguindo, claro.
    Beijos
    Isa
    http://www.verbosdiversos.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Estou lendo esse livro e adorando!
    Passando pra te avisar que meu blog, em parceria com a autora FML Pepper e outros 3 blogs, está sorteando um KINDLE!
    Vai perder?
    Beijos
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  3. Oláá, conheci seu blog através do skoob x)
    Adorei.. tá muito lindo
    Bom, eu tinha vontade de ler esse livro, mas tem tanta gente falando mal, que desanima kkkk
    eu to te seguindo.. vc pode seguir o meu tbm ??
    www.minhaestantecolorida.blogspot.com.br
    E se tiver interesse em fazer uma parceria, me avisa ok ?

    ResponderExcluir
  4. Oi, gente! Desculpa a demora para respondê-las! Estou visitando o blog de todas, viu? Quanto ao que a maioria diz do livro, sugiro que vocês mesmas deem uma chance a Morte Súbita! É um livro incrível. A história é muito legal, mas já vale só pela narrativa gostosa da J.K Rowling. Obrigada pela visita e pelo follow. Grande beijo!

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs