5 de fev de 2014

Resenha: Princesa Mecânica (As Peças Infernais #3), Cassandra Clare

Nome original: Clockwork Princess
Data de Lançamento: Março de 2013
Editora: Galera Record
Número de páginas: 428
Sinopse: Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.


CONTÉM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES.



Se você quer evitar o máximo de spoilers, não veja de jeito nenhum a árvore genealógica do começo do livro!! Haahaha

Esse livro simplesmente pegou meu coração e picou em pedaços. Ainda estamos no mês de fevereiro, mas já tenho certeza de que ele estará na minha lista de favoritos do ano. 
Aposto que todos que terminaram de ler Príncipe Mecânico ficaram se perguntando o que diabos iria acontecer agora que Tessa e Jem ficaram noivos. Eu, como shipper assumida, me controlei para não sair pulando e gritando pela casa com certos capítulos desse livro. O triângulo amoroso, como vocês já sabem, é algo bem diferente do que estamos acostumados nas histórias de amor: faz você torcer por ambos os casais!
O mistério envolvendo o Magistrado e seu interesse por Tessa continua, assim como outros tramas, como a rivalidade entre o Cônsul e Charlotte, os Lightwood no Instituto (fofos!), a doença mortal de Jem e a paixão secreta de Will por Tessa.
Os personagens dessa série são simplesmente fantásticos e muito bem desenvolvidos, e isso fica evidente nesse volume. Impossível não se apaixonar pela teimosia de Cecily Herondale, o romantismo de Gideon Lightwood, a força de Charlotte, e entre outras coisas.
O melhor ficou reservado para o epílogo: prepare os lencinhos, porque é uma emoção atrás da outra. Prendi a respiração do início ao fim!

Para quem ainda não sabe (acho meio difícil), a Cassandra Clare VIRÁ para a Bienal do Livro em São Paulo esse ano, que acontecerá no final de Agosto, e eu simplesmente estou maluca por vários motivos, e um deles é o tumulto que aquele lugar vai estar e se eu vou conseguir pelo menos um autógrafo... E vocês, vão arriscar tentar conhecê-la?

Por Mariane

2 comentários:

  1. Olá! Descobri seu blog por acaso e já gostei. As Peças Infernais são melhores que Os Intrumentos Mortais! Concordo com tudo o que você disse, mas eu shipo outras pessoas :D http://nicoleisoton.wix.com/being-alright

    ResponderExcluir
  2. Realmente me afeiçoei mais aos personagens de As Peças Infernais do que os de Instrumentos Mortais, mas no quesito de conteúdo, ainda prefiro TMI. Ah, mas Tessa e Jem é vida! :D

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs