4 de fev de 2013

Resenha: Divergente, Veronica Roth

Nome Original: Divergent
Data de Lançamento: 10 de Novembro de 2012
Editora: Rocco
Gênero: Ficção Científica/Distópica
Autor: Veronica Roth
Sinopse: Numa versão futurista da cidade estadunidense de Chicago, a sociedade se divide em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude - a Abnegação, a Amizade, a Audácia, a Franqueza e a Erudição. Ao dezesseis anos, em uma grande cerimônia de iniciação, os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas. Para Beatrice Prior, a difícil decisão é entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é - não pode ter os dois. Então faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive ela mesma.Beatrice escolhe a Audácia, desapontando sue pai, porém surpreendentemente sua mãe aceita a situação. Durante a iniciação altamente competitiva que se segue, Beatrice muda seu nome para Tris e se esforça para decidir quem são realmente seus amigos - e onde se encaixa em sua nova vida um romance com uma rapaz fascinante, porém perturbador, Quatro. Mas Tris também tem um segredo, que mantêm escondido de todos, pois poderia significar sua morte. Ao descobrir um conflito crescente que ameaça destruir sua sociedade aparentemente perfeita, ela também aprende que seu segredo pode ajudá-la a salvar aqueles que ama... ou destruí-la.

Eu li o livro no final do ano passado, mas como é uma série MARAVILHOSA, resolvi resenhar o livro pra vocês. 
A estreia literária de Roth não poderia ser melhor. A história pode te lembrar pelo menos um pouco de Jogos Vorazes no começo, mas saiba que isso logo vai mudar. As semelhanças vão diminuindo ao longo da história.
Tris é uma das minhas personagens favoritas no mundo literário. Ela é descrita como loira, magrela e baixinha. 
Chicago foi dividida rigidamente em 5 facções - Audácia (os corajosos), Abnegação (os altruístas), Amizade (os pacifistas), Franqueza (os honestos) e Erudição (os inteligentes). Quando um jovem chega aos 16 anos, são submetidos à um teste de aptidão, cujo vai definir a qual facção ele pertence, porém o jovem tem a livre escolha de seu novo lar. Tris (Beatrice é seu verdadeiro nome, mas a jovem muda ao chegar em sua nova casa).
Tris fica assustada com o resultado de seu teste - e corre muito perigo por isso.
O livro é simplesmente ótimo. A história é gostosa e muito intrigante. Você vai se apaixonar pelo jovem Quatro (Four é o apelido original. Mas você vai descobrir porque o chamam assim hihihihi) o instrutor da nova facção de Tris, o qual a garota vai ter uma pequena paixão. Mas não só isso, Quatro tem uma ligação com ela que ela nunca poderia imaginar.
Os novos amigos de Tris são super legais (destaque à doce Christina, originada da Erudição) porém muitos novos inimigos irão surgir. A competição para se manter na facção escolhida e não se tornar um "sem facção" (Divergente...) vai ser acirrada.
Mais uma razão para vocês lerem: o segundo livro (Insurgente) lançará em ABRIL no Brasil e o filme já está confirmadíssimo para Março de 2014. Bora ler!

"Sou egoístaSou corajosa." - Tris Prior


Por: Mariane

Um comentário:

  1. Ótima resenha, depois daquele auuge do livro e filme acho que agora é um bom momento para ler rs bjs

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs