22 de fev de 2013

Resenha: Inferno no Colégio Interno (Desventuras em Série #5), Lemony Snicket.

Nome Original: The Austere Academy
Data de Lançamento: 31 de Agosto de 2000
Editora: CIA. Das Letras
Gênero: Literatura gótica/Mistério
Sinopse: Nada de aventuras emocionantes com final feliz: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são legais e inteligentes, mas a vida deles está repleta de má sorte e infelicidade. EmInferno no colégio interno, os três irmãos enfrentam caranguejos, provas hiper-rigorosas e os castigos de um internato.O colégio se transformou em mais um desastroso episódio de suas vidas horríveis. Desta vez, eles precisam escapar de fungos gotejantes e assistir a recitais de violinos, além de entender o complicado sistema métrico e suportar os exercícios de D.O.R.Violet, Klaus e Sunny têm o poder de atrair desgraças. Quem gosta de histórias alegres não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois as histórias dos Baudelaire são sempre uma desventura pior do que a outra.
Em 2005, Jim Carrey estrelou uma versão cinematográfica dos três primeiros livros da série, no papel de conde Olaf.

De longe, o melhor volume da série até agora. E quando digo melhor, não quer dizer que a vida dos pobres orfãos Baudelaire vai melhorar, ao menos um pouco. Tudo o que posso dizer, meus amigos, é algo que o autor repete várias vezes durante a série: se você procura alguma história feliz e agradável, é melhor largar esse livro imediatamente, pois a vida de Violet, Klaus e Sunny está muito longe disso.
Nesse volume, as crianças ingressam em um Colégio Interno super rígido. Para começar, o vice-diretor, chamado Nero, é um louco que toca violino (muito mal, a propósito). Depois, os orfãos são obrigados a morar em um barraco (depois apelidado Barraco dos Orfãos por uma garota desagradável e nojenta) caindo aos pedações e cheio de pequenos caranguejos.
Se isso já não fosse bastante ruim, Sunny, a bebê, não pode frequentar as aulas e acaba virando secretária pessoal no escritório de Nero. O professor de Violet só sabe comer bananas e contar histórias chatas e a professora de Klaus é obcecada em medir coisas.
Mas apesar de todas essas desgraças (que é claro, não serão as únicas), algo esplêndido finalmente ocorre na vida dos Baudelaire durante um bom tempo. Esse algo esplêndido se chama Trigêmeos Quagmire. Duncan e Isadora (que fizeram essa história ser diferente das demais) também são orfãos e perderam seus pais e seu irmão mais novo em um incêndio.   Os Trigêmeos (que, lamento dizer, são apenas dois, mas eles continuam se nomeando Tri em respeito ao irmãozinho) estão dispostos a ajudar os Baudelaire em o que quer que seja para livrar-los das garras do tenebroso Conde Olaf e de seus ajudantes.
Como eu disse, foi o melhor da série até agora, graças aos Trigêmeos, que ganharam meu coração logo de primeira. Lamento dizer, porém, que a história só tende a piorar, mesmo com grandes e fiéis amigos ao seus lados. 
Lemony Snicket, como sempre, quebrando nosso coração em mil pedacinhos ):

Por: Mariane

2 comentários:

  1. Desventuras em série é muito show! Se qque não tivesse mil coisas na frente já ia começar a ler.
    Gostei muito do seu blog.

    Se quiser segue meu blog, te sigo de volta

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  2. Desventuras é mesmo muito show, narrativa brilhante, muito gostoso de ler. Quando tiver tempo, lê sim! Você vai adorar. Estamos seguindo seu blog, twitter, Face, etc. E seu blog também é muito lindo! Beijos!

    ResponderExcluir

Link-nos!

 - Dicas para blogs