26 de abr de 2013

Lendo 'Os Miseráveis': Parte 3


Oi, gente! O post demorou um pouco pra sair, mas vou explicar pra vocês por quê.
Existem muitas partes extensas na obra que não precisam ser descritas com detalhes aqui. Por exemplo, o começo do Volume II "Cosette". O Primeiro Livro do Volume é inteiramente dedicado à Batalha de Waterloo, ocorrida em 1815. Como eu manjo muito dessa questão toda de política só que não não me dei ao trabalho de falar muito disso. Mas o final do livro que narra a Batalha é crucial para o contexto da história, o que nos dá uma lição valiosa: nunca pule parte alguma de um livro! Por mais chata que seja.
Então vamos ao que interessa e ver o que aconteceu nesse período de mais de 200 páginas de história.

Pobre coração aquele que bate como novo num peito de velho.

Fantine morre na enfermaria logo após descobrir que Madeleine não tinha trazido sua filha Cosette não, isso não é spoiler. e ver Javert afirmar que ele era na verdade o forajido Jean Valjean. isso também não é spoiler! Qual é, tava meio óbvio!  Então chegamos ao fim do Volume I "Fantine" e damos início ao Volume II "Cosette"
No início do volume, o Livro Primeiro é inteiramente dedicado à descrição da Batalha de Waterloo, na qual ocorreu a queda de Napoleão Bonaparte. Admito que nessa parte do livro foi um pouco difícil de acompanhar, com tantos nomes e episódios marcantes e confusos, mas a descrição de Hugo foi muito rica em detalhes e até parecia que ele estava mesmo lá. Tá, mas o que essa Batalha tem a ver com o contexto da história?
É no final da Batalha, quando o chão foi coberto pelos cadávares de militares, que nos é apresentado o ladrão Thénardier, cujo estava vagando pelos corpos procurando coisas para roubar, até achar um homem vivo, chamado Pontmercy (sim, o pai de Marius!). Esse pensa que Thénardier salvou sua vida, mas tudo o que fez foi roubá-lo.
Conhecemos também a vida miserável que a pequena Cosette leva na estalagem dos Thénardier. Ela era criada não muito melhor que um cachorro. Em uma noite, Cosette foi mandada ao poço, localizado em um bosque muito escuro. É lá, voltando com um balde maior do que ela própria, que ela conhece um estranho, que mais tarde, fará qualquer coisa para levá-la para longe dali.
Esse estranho, não é ninguém mais que Jean Valjean, que todos pensam que morreu nas galés após salvar a vida de um homem. Valjean consegue a guarda da criança, como prometido para a mãe que faria, e a leva para um lugar seguro.
Pela primeira vez desde as galés, Valjean ama alguém. E a ama como sua própria filha. 

Como leram, esse foi um período marcante na história de vida de Valjean. Ele agora cuida de uma criança e novamente vive uma vida a parte, sempre em alerta e se escondendo para não ser preso novamente. Mas o que aconteceria com Cosette se pegassem Valjean? O que seria dele?
Tudo isso aconteceu em mais ou menos cinco livros do volume, então acredito eu que no próximo post, já estarei falando sobre o Volume III (cada volume tem 8 livros).

Por: Mariane

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-nos!

 - Dicas para blogs