30 de jan de 2016

Resenha: O Caso dos Dez Negrinhos, Agatha Christie


Editora: Record
Número de páginas: 256
Data de lançamento: Novembro de 1939


Dez pessoas são convidadas pelo misterioso U.N. Owen para passar alguns dias numa ilha perto de uma aldeia pouco movimentada. Os convidados aceitam o convite e de igual maneira embarcam num barco local para a ilha. Na primeira noite, quando todos já se conheciam razoavelmente bem e conviviam animadamente na sala, ouve-se uma voz vinda das paredes da sala, acusando cada um dos dez presentes de ter cometido um crime, crime esse que apesar de ser despropositado ou inevitavél, levou à morte de outras pessoas. O pânico instala-se e mortes inexplicáveis se sucedem, tendo por única pista uma trova infantil.

            E eu passei o meu dia com esse livro!

      Minha mãe é completamente obcecada pela autora. Leu quase (quase, porque são MUITOS) todos os livros e tem uma coleção enorme deles em casa, mas está sempre pedindo para eu baixar mais para ela ler no Kindle (foto). Eis que ela pede para eu baixar "O Caso Dos Dez Negrinhos" para ela ler novamente. Quando terminou, ainda  alucinada com o fim da história, ela meio que me obriga a ler o livro. E como já estava baixado no Kindle...

     Eu nunca tinha lido nada da autora, então tudo foi absolutamente novo pra mim. Também não sou muito chegada à romances policiais, mas tinha ideia do suspense que os rondava, e estava bastante animada. 

     No começo, eu não fazia ideia de quem era quem. Confundia os nomes, e tudo mais, estava completamente perdida. Mas como dizem... "SÓ VAI!"

     E quando eu menos esperava, estava absorta naquela história, naquele enigma. Dez pessoas atraídas para uma ilha deserta, um mistério, um assassino em meio à eles, um poema que justifica os assassinatos. Mas quem há de ser?!

      Eu, novata no universo da Agatha Christie, não sei ao certo se essa é a fórmula de sempre dela, mas realmente me envolveu. Os personagens eram envolventes, e você simplesmente não consegue largar o livro sem antes saber quem era o autor daqueles assassinatos entre aqueles personagens.

     Sem sombra de dúvidas, pretendo ler mais da autora esse ano. Adorei adentrar esse universo policial.

     Minha mãe me assistia lendo o livro, rindo do meu desespero. Ela ansiava pela minha reação ao chegar ao final do livro. Eu realmente queria ver a de vocês!!

Por: Mariane



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-nos!

 - Dicas para blogs